Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Woman in Politics

Millennials are changing the future of politics

Millennials are changing the future of politics

A Woman in Politics

18
Fev19

A estratégia do PSD

Sábado passado realizou-se a primeira Convenção do Conselho Estratégico Nacional do PSD, que se dizia que era para debater/apresentar o programa do partido às próximas legislativas...

Rio afirmava que se pretendia que este conselho pusesse todo um país a militar de uma forma diferente no PSD, puxando independentes para o partido, e construir um programa não para os portugueses, mas construir um programa com os portugueses...(profundo).

O que saiu de lá?

Bem, pelo que vi na comunicação social, para além de serem os mesmos do costume, saiu o mandatário nacional do PSD para as Europeias (o atual comissário Carlos Moedas).

Confuso?

Não digo que não...

07
Fev19

Já não era sem tempo

O Governo finalmente aprovou a requisição civil de enfermeiros para travar mais uma greve cirúrgica. A Ministra da Saúde, Marta Temido, avança que “face a situações de incumprimento dos serviços mínimos reportados em diversos hospitais” e “sem prejuízo do direito à Greve” o Governo acredita que “não tínhamos mesmo outra opção, sendo uma opção de último recurso”.

Será este o fim da guerra que opõe os enfermeiros ao Governo? Ou a Cavaco tirará outro coelho da cartola?

A ver...

06
Fev19

A "felicidade" de Costa

As sondagens não andam muito boas para os lados do Rato.

Porquê? O PS não vai à frente nas sondagens tanto para as Europeias como para as Legislativas? (perguntam vocês)

Sim, mas não vai tão à frente para a tão desejada maioria absoluta...

Bem sei que o Costa se faz de difícil quanto ao objetivo da maioria (veja-se a entrevista de ontem à SIC), mas não foi para isso que andou a trabalhar nos últimos meses? Despachar os ministros mais polémicos, anúncios de propinas gratuitas, programas de obras públicas, blábláblá ... Penso que já perceberam a ideia.

Dizem vocês: coitado do Costa, então tanto trabalho para nada?

Bem, também não exageremos. Costa sabe que tem as costas quentes tanto à esquerda como à direita (ou ao centro esquerda). Situar ideologicamente o PSD é complicado (quando até os próprios não o conseguem fazer).

Portanto, mesmo sem a maioria absoluta, Costa terá a faca e o queijo na mão para fazer acordos com quem quiser...

Que desfrute.

 

 

 

05
Fev19

Um cidadão exemplar

Armando Vara foi hoje ouvido na fase de instrução da Operação Marquês onde confessou que fez uns pequenos desvios, isto é, ocultou uns rendimentos com recurso a offshores. Básico!

Nesta receita, juntamos mais uns condimentos de corrupção, fraude e branqueamento de capitais e temos o resultado final: um cidadão exemplar.

O seu advogado, Tiago Rodrigues Basto, aproveitou a presença dos jornalistas para dizer que “se no final o senhor Armando Vara tiver de assumir com custos, ele está disponível para isso. Ele não vai prejudicar ninguém. Esta é uma situação complexa e ele admite que há um problema fiscal”.

Folgo em saber que com cidadãos tão voluntariosos o buraco da CGD deixará finalmente de existir...

12
Jan19

Petição – “Legislar o poder de os cidadãos escolherem e elegerem os seus deputados”

Está em curso a recolha de assinaturas na petição “Legislar o poder de os cidadãos escolherem e elegerem os seus deputados”.

Como já é mais que debatido, o atual sistema político está velho e mofento. Nas eleições, votamos nos partidos que queremos que nos representem e não nos deputados que consideramos serem os mais competentes para o desempenho das funções. E isso o que é que implica?

Implica que não temos os melhores a representarem-nos.

Nas lutas internas partidárias pelos lugares e lugarzinhos, vemos casos de “compadrio” e são muitas as vezes em que os deputados que nos representam não mostram capacidade para tal. São apenas os mais qualificados em subir na hierarquia das máquinas partidárias. São os verdadeiros profissionais da política.

Vamos, portanto, fazer com que tenhamos uma maior voz na nossa Democracia!

Assinem e divulguem. Por uma Democracia mais representativa!

12
Jan19

Politiquices

O tema do momento é o terramoto no PSD, que é aquilo que todos já sabemos... Se não fosse Montenegro seria outro qualquer, e se Montenegro não se chegasse à frente agora talvez ficasse riscado para futuras lutas partidárias.

Politicians being politicians.

Contudo, aqui o tema também se estende ao CDS.

Os centristas desde as legislativas de 2015 até agora mantiveram a sua posição e viram a sua liderança ocupada por um rosto da linha de Paulo Portas. Não houve, portanto, grandes tumultos.

Com a subida de Rio à liderança do PSD e com o seu “giro” para o centro-esquerda, seria expectável que Assunção Cristas se tornasse o rosto da direita e cada vez mais uma opção de voto para esses eleitores.

Isso não aconteceu.

O Expresso dá os resultados do estudo da Eurosondagem para janeiro em que o CDS não descola, sendo opção de voto para apenas 7,1% dos inquiridos. PSD, CDS e Aliança totalizam 35,9% dos votos. Estes votos não podem ser considerados votos de direita, não com os votos do PSD de Rio.

Por isso, se o PSD de Montenegro for para a frente, a pergunta que se impõe é: a quem vai “roubar” eleitorado nas eleições que se avizinham?

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D