Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Woman in Politics

Millennials are changing the future of politics

Millennials are changing the future of politics

A Woman in Politics

30
Abr19

A Venezuela e a coerência do PCP

O Partido Comunista Português (PCP) classifica as mais recentes movimentações na Venezuela de “uma nova intentona golpista que, na sequência das derrotas das provocações de 23 de fevereiro e de 6 de abril contra a Venezuela, e em afronta à ordem constitucional venezuelana, é dirigida contra o legítimo Presidente, Nicolás Maduro, e para submeter a República Bolivariana da Venezuela aos ditames dos EUA”, acrescentando que condenam “veementemente a nova intentona golpista contra a Venezuela e o seu povo, protagonizado por forças de extrema-direita responsáveis por ações de grande violência”.

 

Isto é apenas mais um episódio nas coerências comunistas, que referem, por exemplo, que a União Europeia retira liberdade aos cidadãos, mas que não rejeitam a existência de uma Democracia na Coreia do Norte. Sim, leram bem. A Coreia do Norte é uma Democracia (para os comunistas) e de violência praticamente inexistente...

 

Em suma, o PCP perdeu-se no tempo.

 

26
Abr19

Sondagens – A um mês das eleições europeias

A um mês das eleições Europeias saíram duas novas sondagens:

 

 

 

A sondagem do Expresso também estará para breve.

 

 

25
Abr19

Será o Bloco de Esquerda um partido confiável?

Não é que o Bloco de Esquerda, partido com assento parlamentar e que apoia a atual solução governativa, decidiu entoar na marcha enquadrada nas celebrações do 25 de abril, o seguinte: “Ó meu rico Santo António! Ó meu Santo Popular! Leva lá o Bolsonaro, leva lá o Bolsonaro, para o pé do Salazar”.

WTF?

 

Para quem tiver dúvidas, eis o vídeo que comprova:

 

 

 

 

 

24
Abr19

"Rio quer aprovar listas de deputados com voto de braço no ar"

Segundo notícia avançada pela jornalista Sofia Rodrigues para o jornal Público, “o PSD tem uma proposta para que a votação das listas de candidatos, das moções de censura e de confiança bem como dos programas eleitorais seja feita de braço no ar no conselho nacional (...) a aprovar esta sexta-feira...”

 

Quando me falam em votações com o braço no ar lembro-me do comunismo (é instantâneo), e como devem perceber, não é pelas melhores razões.

 

A ser verdade, a medida a ser aprovada na sexta-feira é, inegavelmente, uma forma fantástica de celebrar os 45 anos do 25 de abril...

 

Rio, tá quieto pá!

 

 

24
Abr19

' Sérgio Moro responde a Sócrates: "Não debato com criminosos" '

' O ex-ministro português e arguido no caso Operação Marquês manifestou-se chocado com a vinda de Sérgio Moro a Portugal para apresentar o seu pacote anti-crime, chamando-lhe "ativista disfarçado de juiz". O atual ministro da Justiça brasileira já lhe respondeu.

 

Todos (ou quase) partilhamos a opinião de que José Socrátes está metido até aos cabelos em problemas ou em ilicitudes, embora ainda não tenha sido realmente julgado. No entanto, Sérgio Moro não é um simples comentador de política que pode dizer o que lhe vai na cabeça. Pode ainda não ter incorporado a função, mas é o atual ministro da Justiça do Brasil e, portanto, que se comporte como tal.

 

 

Pág. 1/4

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • cheia

    Sempre, a atirarem areia para os olhos dos eleitor...

  • Maria

    Onde é que o IL defende o fim das taxas de IRS par...

  • pvnam

    Urge assinalar a ruptura com o Hipócrita do Sistem...

  • A woman in politics

    Ora aí está uma ótima analogia!

  • cheia

    Já tinham as armas carregadas! Agora, têm de as di...

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D