Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Woman in Politics

Millennials are changing the future of politics

Millennials are changing the future of politics

A Woman in Politics

25
Nov18

O seu a seu dono

De acordo com o Semanário Expresso, os dados apresentados junto do Tribunal Constitucional relativos a 2017 mostram que os parceiros de Geringonça terminaram o ano com saldo positivo. Do outro lado, PSD e CDS terminaram com as contas a vermelho...

No entanto, apenas o BE e o PCP apresentam uma situação confortável. O PCP tem “o maior património imobiliário (€14,7 milhões), a que juntam €4 milhões em caixa e em depósitos bancários”, enquanto que o BE terminou 2017 com “zero crédito bancário” e uma “poupança de 1.2 milhões”.

A situação dos restantes partidos é preocupante, pois estão “em termos contabilístico numa situação que em qualquer empresa seria considerada como de falência técnica”.

 

Quando não se sabe governar uma “casa”, como se pode governar um país?

 

16
Nov18

PS a caminho da maioria absoluta?

A Eurosondagem de novembro para o Expresso e SIC mostra que o PSD continua a cair tendo 26.8% da preferência de votos, e o PS continua a subir, alcançando os 41.8%.

O PSD está assim a 15 pontos percentuais do PS...

E o resto da Direita perguntam vocês?

Bem, os resultados do CDS também não são nada auspiciosos, tendo caído cerca de 7 décimas. Dos restantes partidos da Direita, Aliança e Iniciativa Liberal, nem sinal deles.

Tratamento de choque, precisa-se urgentemente!

10
Out18

O Chega de Ventura

A propósito da saída de André Ventura do PSD para a criação de um novo partido à direita (o Chega) que defenda a prisão perpétua e a castração química de pedófilos, aproveito para partilhar a opinião de Nuno Garoupa (que também é a minha):

“A agenda profundamente conservadora une uma parte da sociedade portuguesa que deve estar representada de uma vez por todas. Assim clarifica o resto da direita. Que se organize, que avance, que clarifique, que tenha votos, que tenha o seu grupo parlamentar. Por andar décadas a fugir dessa clarificação, por fingir que as agendas do PSD e CDS não são o que são, a direita encontra-se no estado em que se encontra agora – derrotada e marginalizada. A recomposição da direita não vai acontecer enquanto a direita fugir da clarificação! Que venha ela!”

Eu reforço, que venha ela!

03
Set18

As Marcelices

Este fim de semana saiu a notícia por que quase todos ansiavam. Digo quase, porque eu não. Foi criada uma app que permite “tirar” fotos com o Presidente Marcelo. Uma notícia no mínimo “impactante” e no máximo absurda. Só me ocorre uma expressão “Deus nos valha e guarde”.

Mas vamos ao que interessa. Marcelo Rebelo de Sousa aparece na Feira do Livro em Belém e diz não querer comentar os discursos dos partidos. Já antes tinha dito que iria aparecer menos durante o período de pré-campanha eleitoral. OK, mas o que quer isto dizer? Em boa verdade, não quer dizer muito.

Marcelo é aquele político que é capaz de dizer tudo e o seu contrário num curto período temporal e acreditar estar certo em tudo o que diz (não é defeito é feitio).

Ainda na última edição do semanário Expresso surge a notícia por uma fonte do Presidente da República a referir que este torce por uma geringonça de direita, que inclua um entendimento entre o CSD, PSD e o Aliança. Qual é a ideia? Combater uma possível maioria absoluta do PS.

Isto é o “não comentar” e o “recato” de Marcelo. Imaginem se assim não fosse.

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ora temos aqui o Bloco Central de novo a fazer das...

  • cheia

    A pandemia chegou à democracia.Boa tarde

  • cheia

    Uma imagem para a História, num ano adiado.Boa noi...

  • Maria

    Fantástica, a imagem! Vale muito mais que as sempr...

  • A woman in politics

    Boa Páscoa

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D