Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Woman in Politics

Millennials are changing the future of politics

Millennials are changing the future of politics

A Woman in Politics

18
Out18

Bolsonaro, o “messias” brasileiro

No dia 28 de outubro decorre a segunda volta das eleições presidenciais no Brasil que opõe Jair Bolsonaro pelo Partido Social Liberal (PSL), a Fernando Haddad pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Na primeira volta, o que pudemos facilmente constatar foi que os partidos do centro saltaram logo fora. E isso é um péssimo sinal, independentemente do país em que ocorresse.

E vocês perguntam: de quem é a culpa? E eu respondo, com outra pergunta: de quem não é a culpa?

Vamos por partes. Quando os partidos se arrastam no poder por anos e fazem “orelhas moucas” às insatisfações dos seus cidadãos, é normalmente isso que acontece, um rompimento (lógico ou ilógico) por parte dos eleitores. Vejamos o que está a acontecer em alguns países da Europa (ex: Suécia, Itália, França), que enfrentam o problema dos refugiados e da imigração. Os respetivos governos pensavam que por não discutirem o tema, que ficava tudo resolvido por “omissão”, só que não é bem assim... É apenas uma questão de tempo, até aparecer um qualquer “Messias” ou “Salvador”que comece a falar nesses problemas e passe a ser a voz desses eleitores. E votar num “Messias” também é um ato democrático, não é?

No Brasil, também acontece isto. Mas, é muito mais do que isto...

É um cocktail explosivo de uma crise económica e de falta de emprego, com uma descrença face à política decorrente da corrupção que tem afetado todo o sistema político, mais particularmente o PT (daí o forte anti-petismo). A isto juntamos um saudosismo dos tempos de ditadura (por Portugal também o há de vez em quando) e uma violência, que em alguns casos, não deixa a dever à de alguns países em guerra. Toda esta “tempestade perfeita” fez com que os brasileiros ansiassem por um “Messias”. E o “Messias” brasileiro apareceu, Bolsonaro de seu nome...

Nesta história, não há inocentes...

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D