Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Woman in Politics

Millennials are changing the future of politics

Millennials are changing the future of politics

A Woman in Politics

08
Out19

O PSD e os resultados das eleições Legislativas

O PSD era apontado há meses como o grande perdedor das eleições legislativas. Não basta acusar as sondagens de tão baixas expectativas, quando há cerca de 5 meses os resultados das Europeias foram o que se viu.

No entanto, também por responsabilidade da desgraçada campanha eleitoral do PS e por receios da maioria absoluta (sem excluir obviamente o mérito de Rui Rio), o PSD teve um resultado que se pode considerar honroso. Deitar areia para os olhos, acusando o PSD de ter um fracasso eleitoral já é tentar vender os resultados de forma a que dificilmente correspondem à realidade.

Bem sei, que já há muito os críticos internos no PSD estavam preparados para aparecer num cenário de tragédia eleitoral. A tragédia, em abono da verdade, não aconteceu, mas viram-se impelidos a vir a cena, não fossem perder a carruagem das futuras lutas pela liderança do partido.

The show must go on.

26
Set19

O debate dos Centenos

Da série “O meu Centeno é melhor que o teu”, Rui Rio desafiou António Costa e Mário Centeno (o original) a debater com Joaquim Miranda Sarmento (o Centeno de Rio) para clarificarem os números da economia/finanças ao país.

Seria de facto interessante que esse debate se realizasse, até para perceber de onde vem a dita folga orçamental do PSD para baixar os impostos. Bem sei, que alegam que seria resultante do crescimento económico, ou melhor, da previsão para o crescimento económico.

Mas se os economistas de todo o mundo (alheios a partidarites) andam para aí a dizer que as economias mundiais estão a estagnar e que Portugal obviamente não será exceção, significa que não vai haver crescimento económico? Certo? Se não há crescimento, não há folga do crescimento económico. E se não há folga, não há baixa de impostos.

Se até eu percebo isto, penso que o debate não ia correr nada bem para o Centeno do PSD.

 

26
Set19

O significado das sondagens

Nos últimos dias têm vindo a público várias sondagens que dão conta de um estreitamento da distância entre o PS e o PSD, em que o PS vem descendo e o PSD segue uma tendência naturalmente contrária.

Não foi preciso muito tempo para surgirem vozes do PSD a dizer que tem tudo a ver com a qualidade dos debates de Rui Rio, que agora que não há intermediários (entenda-se jornalistas) que a mensagem não é deturpada e agora sim os portugueses percebem o que o PSD lhes pode dar.

Não digo que não possa ser isso (muito parcialmente), mas a razão óbvia para estas oscilações tem a ver com o receio dos portugueses de uma maioria absoluta. A última já sabemos como correu...

Portanto, quando numa sondagem o PS estiver mais perto de uma maioria absoluta, mais este será penalizado em futuras sondagens e nas eleições, inclusive. O contrário também acontecerá.

Podemos assim dizer que antes as sondagens influenciavam a intenção de voto porque os eleitores queriam votar nos “vencedores de sondagens”, mas, nos dias de hoje, elas adquiriram todo um novo significado.

19
Ago19

A fé do PSD?

Segundo o semanário SOL, perto de 1000 autarcas sociais democratas estarão em Fátima no próximo dia 10 de setembro para discutir o poder local, os problemas das alterações climáticas e ambiente. A iniciativa enquadra-se no período de pré-campanha eleitoral e servirá, acima de tudo, para mobilizar as hostes laranja para as eleições Legislativas de 6 de outubro.

Se podia fazer mil e uma piadas e associações sobre o local que escolheram e o atual estado do partido? Podia. Mas como este blog tem leitores perspicazes, não será necessário.

17
Ago19

António Costa - Sei o que fizeste há 2 verões passados

O Primeiro-Ministro António Costa falou ontem aos jornalistas à saída da reunião com o Presidente da República. Qual não é o meu espanto, quando de forma insistentemente cínica refere a ausência/férias do PSD e do seu líder, no período de greve dos motoristas.

Sim, Rui Rio é politicamente inábil! Sim, Rio devia ter falado antes e de forma mais assertiva! Sim, o PSD vai ter um resultado trágico nas Legislativas! E sim, Rui Rio vai ser obrigado a deixar a liderança do partido!

Contudo, é constrangedor ver António Costa a criticar as férias do líder do PSD, quando em 2017 (o PS era Governo) decidiu tirar férias para Ibiza, estavam ainda os portugueses a chorar as vítimas de Pedrógão e a assimilar o roubo das armas de Tancos.

Isto lembra-me aquele velho ditado popular que mete pimenta e refresco na mesma frase…

Contenção Sr. Primeiro-Ministro, muita contenção!

12
Ago19

Porque não adiar a greve?

Numa altura em que se ultimava os preparativos para a greve dos camionistas de matérias perigosas, e já quando muitos comentavam o silêncio do líder do maior partido da oposição, Rio “interrompe” as suas férias nas praias de Viana do Castelo com a seguinte pérola:

rio.png

Porque o Governo não adia a greve? - é a dúvida que paira...

Rio tem grandes limitações como político, mas não o podem acusar de falta de sentido de humor. Rio e o PSD a dar tudo para descer dos 20%.

17
Jun19

Pedro Duarte e o Manifesto X

Pedro Duarte, ex-líder da JSD, atual quadro da Microsoft, e putativo candidato á liderança do PSD, apresentou hoje o Manifesto X que se mostra como um programa alternativo ao PSD de Rio.

Revela 10 metas para a próxima década e lança a discussão cem medidas consideradas prioritárias, tais como chegar ao top 10 do ranking de felicidade, um projeto-piloto para o Rendimento Básico Universal, alargar os contratos de trabalho sem termo ou a redução da dívida pública.

O Manifesto conta com o apoio do ex-Presidente da República Ramalho Eanes que refere: “o Manifesto X merece o meu apoio pelo propósito cívico, pela estratégia de reflexão, que mobiliza gente jovem, diversa e competente, e, também, por promover uma agenda abrangente de ‘responsabilidade social’”.

A apresentação pública do Manifesto contou ainda com a presença de Luís Montenegro, que caso não estivéssemos na 'fase de transferências e reforço de plantéis' poderia passar ao lado.

Se o que Marques Mendes disse ontem relativamente ao adiamento da apresentação do programa eleitoral do PSD for verdade, Rio foi mais uma vez apanhado desprevenido.

12
Mai19

"Redes sociais: consultor do PSD em campanha de perfis falsos"

Eis a notícia que marca a política nacional este fim-de-semana: “Redes sociais: consultor do PSD em campanha de perfis falsos. Usam nomes, fotografias e informação falsa no Twitter e no Facebook. Atingem o governo e até Marques Mendes. Só há quatro pessoas reais em contacto com esta rede. Uma é o consultor do PSD, Rodrigo Gonçalves. Rio reage”.

 

Acredito que todos os partidos de forma mais ou menos evidente façam este tipo de manobras (que como é óbvio é errado). Bem sei que tudo não passará de "ruído" de campanha eleitoral, mas convinha que um partido com a dimensão e história do PSD se expusesse menos a este tipo de situações, que em nada abona a seu favor. Depois da “argolada” com os professores, pede-se um pouco mais de contenção e racionalidade para os lados da São Caetano.

 

By the way, quem é que é que já se manifestou? O PS, pois, está claro: “PS espera que MP investigue envolvimento de militantes do PSD em campanhas de perfis falsos”.

 

Toda esta situação era escusada. A nossa Democracia em nada sai beneficiada com estas "tricas".

 

 

06
Mai19

A desorientação do PSD/CDS

Anda por aí um fact-checking do Polígrafo utilizado de forma enganosa por uma certa Direita (um pouco desorientada), que garante que foi o facto do Partido Socialista ter votado contra os “travões” da medida para descongelamento das carreiras dos professores que provocou a crise política em que o Governo ameaça a demissão.

 

Vamos por partes. Faria sentido o Partido Socialista votar contra a medida de contagem integral do tempo dos professores e votar no mesmo documento que era a favor dos “travões”? Se era contra a medida, ia votar a favor da alínea? Qual é a lógica? Sejamos honestos, por favor.

 

Depois das medidas terem sido todas votadas, o que culiminou numa proposta para a restituição integral do tempo dos professores sem “travões”, porque é que o PSD e o CDS decidiram prosseguir? Esta pergunta ninguém sabe responder.

 

Tenho ainda mais algumas questões. Vejo pouca gente a falar nisto, mas qual era a necessidade de colocarem retroativos a 2019? Espero que não tenha sido uma chique-espertice para forçar o Centeno a avançar com um orçamento retificativo. Porque se foi, o cenário piora, e de que forma.

 

Para terminar, e mesmo com "travões", o que estaria a ser proposto pelos partidos? Quando as condições económicas estiverem favoráveis usa-se a folga orçamental para compensar cortes do passado (porque não há mais áreas para gastar dinheiro), quando estivermos em recessão corta-se tudo e adia-se por uns anos. Sempre sem esquecer os retroativos a 2019.

 

Bem sei que o Presidente da República pediu uma ideia criativa, mas não era necessário seguir de forma tão literal.

04
Mai19

A crise do Governo e o desaparecimento do PSD

Rui Rio é o único líder dos quatro partidos que aprovaram a contagem integral do tempo de serviço dos professores que ainda não comentou a ameaça de demissão do chefe de Governo, sexta-feira, na sequência da “coligação negativa” parlamentar, conforme António Costa titulou a convergência de posições do PSD, CDS-PP, PCP e VE

 

Ora bem, é fim-de-semana e muito provavelmente Rui Rio ainda não teve disponibilidade para ler o documento que aprovou na quinta-feira...Também pode estar numa encruzilhada em que sabe que muito provavelmente ficou “queimado”, dentro e fora do partido, independentemente de avançar ou de recuar com a proposta...

 

Bem, escolham o cenário mais provável...

 

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • cheia

    Mas, na legislatura anterior, tinha só um deputado...

  • A woman in politics

    O PAN elegeu mais do q um deputado

  • cheia

    Por que razão é que o PAN. foi exceção!

  • Maria

    Pelos vistos é! Espero que a dita comissão resolv...

  • Anónimo

    a comissão paralamentar vai resolver

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D