Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Woman in Politics

Millennials are changing the future of politics

Millennials are changing the future of politics

A Woman in Politics

30
Jan20

Sondagem: Chega de Ventura apanha PCP

As intenções de voto no PS já caíram 3,5 pontos face às eleições legislativas e a distância face ao PSD encurtou-se para sete pontos. Entre os mais pequenos, o Chega ultrapassou o PAN e igualou o PCP. Já o CDS desceu para a oitava posição.

De acordo com esta sondagem da Intercampus para o Negócios e CM/CMTV, podemos tirar umas conclusões rápidas:

Aquele partido que ninguém dava nada por ele, em apenas um ano, consegue ter um deputado eleito e já chega aos 6%. Mas, continuemos a negar o inegável… 

O partido do taxi, está rapidamente a converter-se no partido da segway. Também é interessante constatar que o Chega para além de estar a roubar eleitorado ao PCP parece que capta votos da ala mais conservadora do CDS.

Tudo boas notícias. Só que não...

04
Dez19

A Direita está em obras

30
Mai19

Sondagem - PS à frente para as Legislativas com distância de 18 pontos

Muitos ainda estão a digerir os resultados das Europeias e o Jornal de Notícias lança na sua edição diária os resultados de uma sondagem para as Legislativas de outubro.

Pelos valores é o chamado “aqui vem bomba”…

Ora vejamos, a sondagem dá o PS à frente nas intenções de voto com 40.4%, tendo uma diferença de praticamente 18 pontos do PSD que reúne apenas 22.5% das intenções.

Reconheço que a política dá muitas voltas, mas uma coisa é certa: o PSD precisa de “dar muito ao pedal” nos próximos 4 meses.

 

JN.png

CAPA: Jornal de Notícias - 30 de maio de 2019

 

 

18
Mai19

Eleições Europeias - sondagem SIC/Expresso

A nova sondagem para as eleições europeias realizada para a SIC/Expresso revela uma diferença de 8 pontos entre o PS de Pedro Marques (36%) e o PSD de Paulo Rangel (28%).

 

O PS terá beneficiado em 2 pontos com a crise dos professores. Embora os resultados do PSD não tenham alterado, a sondagem indica que Rui Rio foi dos líderes que mais perdeu, tendo inclusivamente perdido o apoio de simpatizantes do seu partido.

 

Não será portanto de estranhar, o regresso de Pedro Passos Coelho que aparecerá na campanha eleitoral na próxima semana, para mobilizar as hostes "laranjas".

 

Não podem negar que é uma daquelas ironias da política...

 

 

10
Mai19

Sondagem - Crise política com ameaça de demissão do Governo

Segundo uma sondagem da Aximage para o Negócios e Correio da Manhã a propósito da crise política do passado fim de semana, 57% dos inquiridos considera que o Governo teve razão e cerca de 32,9% refere que está do lado dos restantes partidos (a soma...).

 

Mesmo que a resposta à pergunta “como avalia a ameaça de demissão” não tenha sido muito clara, em que 49% considera que António Costa agiu bem contra os 44% que pensam que agiu mal, nota-se na primeira pergunta um padrão bastante revelador.

 

A aguardar por uma sondagem (mais recente) para as eleições Europeias...

13
Abr19

Os estragos do “Familygate” (Parte 2)

Se ontem chegou pelo Jornal de Negócios uma sondagem da Aximage que dava conta de uma aproximação do PSD ao PS, associando o encurtamento dos resultados à polémica do "Familygate", hoje o Sol divulga os resultados da Eurosondagem, noticiando que “Costa e PS resistem a nomeações de familiares”.

 

Dada a diferença de resultados, qual é a sondagem mais credível? - perguntam vocês.

 

A que der os resultados mais aproximados em dia de eleições. No dia, estaremos cá para fazer as contas...

sol.png

FONTE: Capa do Jornal SOL - 13 de abril de 2019

 

 

12
Abr19

Os estragos do “Familygate”

De acordo com a mais recente sondagem da Aximage para o Negócios e Correio da Manhã, “PSD reduz a distância para o PS em cinco pontos”. O PS cai para 34,6% descendo 1,7 pontos, enquanto o PSD passa para 27,3% nas intenções de voto subindo 3,4 pontos.

 

Apesar de estes resultados acompanharem a tendência de subida do PSD já evidenciada numa sondagem para as Europeias, não será difícil de associar a queda do PS com o mais recente escândalo das nomeações de familiares, que como a notícia refere: “merece a condenação de 62% dos portugueses”.

 

Será caso para perguntar: será que a “bomba eleitoral” da redução dos preços dos passes sociais foi prontamente “neutralizada” pelos mesmos que a lançaram? 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D